Páginas

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Coca-Cola, salve o Rio Capibaribe.

Sou uma das integrantes do GARPE - Grupo de Amantes dos Ritmos Pernambucanos, que é presidido por meu amigo Carlos Germano Vasconcelos e ontem foi dia de viver o Aurora dos Carnavais, encontro dos blocos líricos de Pernambuco, sob a coordenação de nosso poeta maior, meu querido Romero Amorim. O evento acontece num dos cenários mais lindos do Recife, a Rua da Aurora, nas margens do belo Capibaribe.


 (Foto de Daniel Huston) 

O Rio Capibaribe é um dos rios do estado de Pernambuco. Seu nome deriva da língua tupi - Caapiuar-y-be ou Capibara-ybe (ou ipe) - e significa rio das Capivaras ou dos porcos selvagens. Nasce na Serra de Jacarará, na divisa dos municípios de Jataúba e Poção. Antes de desaguar no Oceano Atlântico, passa pelo centro do Recife.
Possui duzentos e quarenta quilômetros de extensão, e sua bacia, aproximadamente, 5.880 quilômetros quadrados. Possui cerca de 74 afluentes e banha 42 municípios pernambucanos, entre eles Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Salgadinho, Limoeiro, Paudalho, São Lourenço da Mata e o Recife.
Divide a área central da cidade do Recife. Atravessa vários de seus bairros: Várzea, Caxangá, Apipucos, Monteiro, Poço da Panela, Santana, Casa Forte, Torre, Capunga, Derby, Madalena. Faz confluência com o Rio Beberibe atrás do Palácio do Campo das Princesas, antes de desaguar no Oceano Atlântico. Seu braço sul passa por Afogados, Ilha do Retiro, rumo a Ilha Joana Bezerra, juntando-se ao rio Tejipió e chega à foz em pleno porto do Recife.
Hoje pedi socorro ao Wikipédia para coletar as informações acima para melhor mostrar a vocês o tamanho da importância desse rio na vida do povo pernambucano.
Vários projetos buscam oferecer um sopro de vida para o rio, a exemplo do Recapibaribe ( RECABIPARIBE - Movimento para Requalificacão do Rio Capibaribe), mas falta muito, muitíssimo, para que seja restabelecida a dignidade do Capibaribe, que apesar de tamanha importância e beleza, está maculado e ferido, quase mortalmente, pela sujeita do lixo doméstico e industrial.
Ontem, vivendo algumas horas na Rua da Aurora, chocada e arrepiada de incredulidade, pude registrar o topo do iceberg de sujeira do nosso nada perfumado esgot.., ooops, rio. Tinha restos de televisão, pets da Coca-Cola, latas de óleo, Coca-Cola, sacolas plásticas, bandejas de ovos, Coca-Cola, água sanitária, Coca-Cola... abasteceria um supermercado inteiro, tamanha a fartura e variedade de embalagens. CHO-CAN-TE!!!




Uma coisa pude constatar naquele caos aterrador para meus olhos: A Coca-Cola faz sucesso absoluto em todos os lugares que o rio banha, bastou um primeiro olhar para perceber a quantidade de garrafas descartadas no rio, daí tive uma brilhante idéia, raciocine comigo: se a Coca faz tanto sucesso, ganha muito, o que certamente implica em pagamento de altos impostos, mas se os impostos não estão sendo usados pelos governantes de uma forma competente, que tal inverter a situação: A Coca-cola adota o Capibaribe, limpa, financia campanhas para educação da população ribeirinha, promove ações que incentivem o reuso das garrafas (Convoquem a artista plástica Tiana Santos) e ao final, além de ganhar um descontinho nos impostos, ainda conquista a simpatia e respeito dos tantos consumidores que fazem da Coca Cola a gigante que é.
Coca-Cola, please, salve o Rio Capibaribe.

2 comentários:

  1. Patricia tudo bem? Querida moro na beira do Guaiba aqui em POA infelizmente as pessoas, nao se preocupam com o futuro do planeta colocam tudo lá!Esses dias um dos tios que vende batata frita esta virando oleo no Lago do Guaiba fui falar, pra ele o quanto esta prejudicando o futuro da quele Lago, quase apanhei!Educação Ambiental tinha que ser materia obrigatória nas escolas desde o pré!
    bjkas
    Guta

    ResponderExcluir